A gente não deve sofrer por um amor meio bosta


Já sofri muito por amor, e sei que é provável que volte a sofrer um pouco aqui e ali, a gente vai se permitindo e nem sempre o terreno é plano, quase sempre é imprevisível, e por mais certezas que julgamos ter, elas não nos dão garantias de nada.

Hoje quando olho para o passado e penso sobre a forma como eu te amei acho engraçado, você me dava todos os sinais de que algo estava errado, eu mais chorava que sorria, e ainda dizia que isso era amor.

Hoje eu sei que não era, antes porém eu não sabia. Então passei a me anular para te agradar. Deixei de ouvir músicas que eu adorava só porque você não curtia, deixei de ir a lugares que cá entre nós são fantásticos, mas não eram bons o suficiente para os seus padrões.

Deixei tantas coisas, fui deixando, um dia de cada vez, quando percebi estava me deixando, me perdendo, e de tanto deixar um dia eu te deixei, depois de muitos tapas dados pela vida, aprendi que seu amor não valia meu esforço.

Mas, mais do que isso, aprendi que amar é outra coisa, algo diferente de tudo aquilo que vivi com você. E eu levei um tempo para aprender isso. Quando eu realmente descobri o que é o amor, ahh meu bem, conclui que a gente não deve sofrer por um amor meio bosta.

E sem ofensas, seu amor não passou disso. Promessas vazias, controles sem lógica, regras, padrões. E eu? Não me encaixo em nada disso, - embora tenha tentado, sem sucesso, me enquadrar em tudo isso -.

Aprendi que a gente não deve sofrer por amor nenhum, o sentimento mais poderoso do mundo não tem a ver com penitência, sofrimento, e sim com leveza, liberdade.

Claro que eu sei que o amor tem porão, - cheio de monstrinhos que a gente esconde, por não serem assim tão agradáveis - tem dias amargos e alguns outros cinzas, eu sei de tudo isso. Só que mesmo nesses dias, a gente tem que entender que há um limite, e você ultrapassou todos eles.

Hoje estou bem com a roupa que uso, com o perfume que gosto, com as minhas músicas - bregas, na sua opinião -, com meus jeitos, estou bem comigo mesmo. E alguém para ser amor na minha vida precisa entender isso.

Amor? Não é sobre anulação, é sobre compartilhamento, vivências, é sobre momentos. É aquela máxima já tão amplamente difundida, ou soma, ou... isso mesmo, some.

Não tenho vagas para um amor meio bosta! Então nem tente.

Tem que ser MUITO AMOR, para me conquistar.

Joanderson Oliveira