Hoje eu vi o amor em sua mais bela forma e ele é lindo


Dois casais apaixonados são de fato muito bonitos de serem vistos, vivem celebrando o amor, aquele amor novinho que acabou de começar, hoje entretanto tive o prazer de ver o amor em sua mais bela forma, um amor de anos, um amor que amadureceu com o tempo, que pode até não ter a euforia de um casal de jovens namorados, mas tem a plenitude de um sentimento que passou por situações em que foi colocado a prova e sobreviveu. Hoje eu vi o amor em sua mais bela forma e ele é lindo.
Vi um casal no que chamamos de melhor idade, eles entraram no restaurante, mãos dadas, sorriso no rosto, rugas na face, rugas que marcavam o tempo daquela união, rugas lindas que demarcavam um amor que estava longe de está no fim, mas que estava transbordando pelos porós.
Ela sabia o que ele iria comer, ele sabia o que ela não ia pedir, ali, naquele momento eu vi uma pequena demonstração do que é cumplicidade, os olhos dela não escondiam o brilho ao olhar para aquele que já lhe tirou tantos suspiros, ele todo cuidadoso, afinal na sua frente estava o amor da sua vida, da sua longa vida.
Não perguntei quantos anos eles tinham de casado, seria muito indelicado, pensei, números iriam tirar a beleza daquele momento, a ideia do eterno se fazia mais apropriada, e naquele momento eles me mostraram o que de fato é ser um eterno namorado.
Ele pediu um refrigerante diet, disse sorrindo que ela estava de dieta, ela sorriu como se tivesse envergonhada e ele parecia feliz em ver que ainda a fazia sorrir.
Eu mero espectador dessas coisas lindas da vida, só sabia admirar aquele casal que demostravam tanto respeito um com o outro, que se preocupavam se a comida estava com muito sal, porque poderia fazer mal para um deles. Aquele casal não era perfeito, eles eram reais. Não eram os casais do "era uma vez...", eram um casal do ontem e do hoje. De um ontem que lutou e enfrentou muitas coisas, para que hoje pudessem almoçar juntos, de forma despretensiosa, sabendo que a vida foi feita para ser vivida, e quando bem acompanhada ela só se torna ainda mais gostosa.
A gente pede para quem um amor assim?
Nada precisava ser dito, pois o sentimento era palpável em torno dos dois. Queria ter falado com eles, mas por outro lado, não queria estragar aquele momento com palavras minhas, o silêncio naquele momento era lindo e digno de ser visto, admirado e respeitado.
Quando o almoço acabou eles foram embora, mãos dadas até chegarem no carro e partiram, me deixando aos suspiros com a beleza daquele momento.
Ah, hoje eu vi o amor em sua mais bela forma e com certeza ele é lindo.

Joanderson Oliveira

_________

Clicando (aqui) você pode ajudar na liberação do meu LIVRO digital! Só precisa curtir! :D