Amor é isso, sexo é aquilo... e coisa e tal e tal e coisa...


Amor é para sempre
Sexo também
Sexo é do bom...
Amor é do bem...
Nota: Para ler ouvindo Amor e Sexo da Rita Lee, infinitas vezes...



Resolvi perguntar para algumas pessoas queridas (obrigado por terem sido tão atenciosos e atenciosas) o que elas entendiam/pensavam sobre amor e sexo. A ideia não era julgar a melhor resposta ou dizer quem estava certo ou errado, mas eu queria ouvir as pessoas, e me surpreendi com quanta beleza as pessoas trazem dentro de si. Li definições lindas, e aquelas que se julgavam mais clichês foram as que mais me afetaram e me fizeram refletir.


Primeiro aprendizado: deveríamos ouvir mais as pessoas, elas podem nos surpreender de várias formas, e a gente termina conhecendo mundos tão singulares e cheios de coisas encantadoras. Em outros momentos você pode ver quantas cicatrizes o tempo trouxe à algumas pessoas, dores que estão escondidas e você pode admirar o quanto essas pessoas são fortes, tudo ali por trás de palavras difíceis de serem pronunciadas.

Segundo aprendizado: amor e sexo não precisam de rótulos, eles precisam ser aquilo que acreditamos, por que são muito singulares. Cada pessoa em seu belo mundo percebe os dois de formas diferentes, entre o sexo casual e o amor romântico e cheio de afeto (meu preferido), quem está certo e quem está errado?

A meu ver ambos estão certos. Errado sou eu querer aprisionar sentimentos e emoções dentro de uma caixa e dizer as pessoas como elas devem sentir, ou que e de que forma devem sentir.

Errado é causar dano, destruir vidas, provocar tristezas. Fora isso a vida está ai para ser vivida, eu gosto dos excessos, da intensidade, da entrega sem medo, outros são mais tranquilos, mais cuidadosos, mais constantes, eu sou descuidado, meto a cara e vou embora, daqueles tipos meios clichês.

Antes que eu fique devaneando deixe-me voltar pro assunto!

Para mim, amor é melodia, sexo é canção... as duas coisas precisam está bem alinhadas, do contrário não dá certo, as notas desandam. Amor é tudo aquilo que me disseram e muito mais. Sexo é... (deixa a imaginação fluir, e depois me conta).

Amor é calmaria...
Sexo é loucura...
E convenhamos, todo amor precisa de uma boa dose de loucura. E como bem disse Rita Lee "amor sem sexo é amizade, sexo sem amor é vontade".

Joanderson Oliveira

________

Encontre-me nas redes sociais:
Facebook: https://www.facebook.com/joandersonjoh
Instagram: https://www.instagram.com/joandersonjoh

Comentários

  1. Jo, eu sou a pior pessoa do mundo :( Desculpe não ter respondido você :P É que vejo a mensagem, fico pensando nela, penso em responder e sei lá o que acontece comigo, meu cérebro é abduzido e eu esqueço totalmente :(
    Mas pelo menos aqui estou =D
    Adorei seu texto e agora vou dividir meus pensamentos com você :)
    Tempos atrás, eu diria que amor é sentimento, sexo é diversão. Mas agora, tudo parece misturado e remexido aqui.
    Porque amor também pode ter diversão. E sexo ter sentimento. E acho que pode ter amor sem sexo, afinal existem pessoas assexuadas e não podemos esquecer delas. E existe sexo sem amor. E pode existir tudo, porque as duas coisas podem andar juntas ou separadas <3
    Acho que a única diferença é que amor te pega e deu, não tem escolha. Sexo sim, esse é escolha.
    Um beijão

    ResponderExcluir
  2. Linda mensagem Joanderson... Como bem dito por você, um "precisa" do outro, na verdade não digo bem "precisa" mas sim UM COMPLETA O OUTRO.
    ... Nós que o agradecemos por ter procurado saber o que é AMOR e o que é SEXO, para nós...
    Parabéns pelo trabalho, amei a mensagem.

    ResponderExcluir
  3. Ameeeeeeei!!! Amo tudo que você escreve!!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado pela visita! Espero que tenha gostado da crônica! =)