Quando a gente gosta é claro que a gente cuida!!


Caetano já disse que "[...] Quando a gente gosta. É claro que a gente cuida", e como cuida não é mesmo? Cuidamos porque nos importamos, cuidamos porque quando a pessoa amada nos sorrir é como se um pedaço do céu nos fosse entregue.

Cuidamos porque o amor tem dessa coisas, ficamos bobos, rimos do nada e aprendemos a ver beleza nos mais simples gestos. Cuidamos porque o amor só floresce assim, e a gente quer que ele floresça.

Quando a gente gosta a certeza é companhia, o abraço é sempre bem-vindo, a saudade ainda que aperte se torna amiga e o beijo se torna cada vez mais esperado.

De repente você ver um texto na internet, ou em livro e não se contém liga para pessoa amada e começa a ler para ele ouvir e no final diz: - Amor lembrei de você! Porque quando a gente ama a gente lembra, a gente nota, se importa.

A gente manda a mesma música mil vezes porque aquela é a música que simboliza o amor de vocês, a gente fica todo bobo quando escuta que é amado, e fica estupefato quando consegue dizer o mesmo, (porque dizer 'eu te amo' nem sempre é fácil).

Quando a gente ama a gente assiste aquele filme que é um saco, mas você cede porque a pessoa amada vai ficar com um sorriso de orelha a orelha, e você sabe que depois ela também vai ceder e fazer algo que só você gosta.

Quando a gente ama a gente liga sem motivo aparente, só para dar um oi e perceber como isso nos deixa contente.

Quando a gente gosta divide os problemas, as lágrimas, as alegrias e as muitas risadas. Quando a gente gosta a gente aprende a respeitar o espaço do outro. Compreende os silêncios, estende a mão e apenas diz: - Eu tô aqui!

Quando a gente gosta nos fazemos presente, encontramos tempo dentro de um tempo que nem existia anteriormente. Quando a gente gosta trata com prioridade e não como segunda opção.

Quando a gente gosta queremos mais é estar perto e se aventurar por caminhos que não se sabe bem onde vai dá, mas a companhia já faz todo o percurso valer a pena.

Quando a gente gosta faz até alguns sacrifícios, a gente tá junto, a gente se envolve e de repente "a gente" vira "nós" e daqui a pouco já virou laço.

Quando a gente gosta é claro que a gente cuida, e a gente cuida esperando reciprocidade. Quando a gente gosta é claro que a gente cuida, não por querer ser dono mas por que "um carinho as vezes cai bem".

Joanderson Oliveira