O último beijo


Sempre ouvi as pessoas dizerem que devemos aproveitar cada dia como se fosse o último. Tem uma música do Legião Urbana que diz que "é preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã". E veja só você, mesmo ouvindo essa música em outros momentos ela hoje me tocou de uma forma diferente, principalmente na parte que citei.

No amor não lidamos com certezas, mas com possibilidades e no meio das possibilidades da vida o nosso "possível infinito" seguiu por caminhos separados. E eu estava aqui lembrando do nosso último beijo.

Sim, eu lembro bem dele. Nosso cenário era uma praça, ornamentada para as festividades de natal, na minha frente os olhos mais encantadores do universo, que me arrancava sorrisos involuntariamente. Você me abraçou e me beijou no rosto, eu ainda posso sentir o toque dos seus lábios, e mesmo que naquele momento eu não soubesse aquele foi o nosso último beijo.

Eu não fiquei na ponta dos pés para alcançar seus lábios, como era de costume. Você também não ficou na ponta dos pés para aumentar a dificuldade e me provocar como sempre fazia, eu não mordi seus lábios no fim do beijo... eu não fiz tanta coisa, tudo porque pensei que tivesse todo o tempo do mundo, eu não fazia ideia que aquele seria o último, se soubesse teria dado o melhor beijo possível e faria o que pudesse para que o sabor dos seus lábios ficasse comigo mais um pouco.

Um dia eu te mandei um texto que tinha por título "namore um cara que escreve", você sorriu e disse: deixa eu ler.

No texto o Léo Luiz (autor do texto) dizia que "um cara que escreve vai, ao mesmo texto, fazer você rir, chorar, sorrir e querer abraça-lo como se ele fosse dez centímetros mais alto [...]" Você sorriu e disse que gostava da minha altura, que gostava de mim do jeito que sou.

Engraçado, hoje fiquei na ponta dos pés e não encontrei seus lábios, então só por hoje eu queria ser dez centímetros mais alto, só para ver se tenho a sorte de mais uma vez encontrar seus lábios.

E por mais que eu não entenda alguns rumos que a vida toma, eu sigo desejando que você seja feliz.

Joanderson Oliveira