O grito do meu silêncio


Que os dias passem... e que eu aprenda que nem sempre a vida vai ser um mar de rosas, mas que eu não cruze os braços diante disso e aprenda que dias melhores sempre virão.

Que a tristeza seja breve, que a dor que vir se alegre e que meu sorriso permaneça no lugar.

Que eu entenda que nem todo fim é realmente um final, às vezes ele é um novo começo.

Que eu não me desespere e que acima de tudo eu não me perca, (nem a mim, nem a minha fé).

Que eu não esqueça de respeitar as diferenças, que eu não esqueça que eu sou diferente e que isso é perfeitamente normal.

Que eu compreenda (sinta) a tristeza do outro e a respeite. Não conheço seus passos, suas lágrimas nem suas dores. Não posso e não devo jugá-lo!

Que eu não tenha medo de amar, de me entregar e viver intensamente.

Que as lágrimas venham e desçam... afinal também se chora de alegria, mas se for de tristeza que elas desçam também... dizem que deixa-las sair alivia... (talvez eu concorde com isso).

Que eu ame e cuide dos que me são queridos, que eu cultive e espalhe o amor por onde eu passar. Que essa seja a marca do meu caminhar!

Que eu me ponha no colo e me perdoe todos os dias, que eu entenda minhas fraquezas, minhas limitações e que eu não esqueça que estou longe da perfeição. Que eu me veja nu, sem capas, peles ou roupas, apenas a essência, essa coisa de ser quem sou, afinal cada um tem um jeito, o meu talvez seja "meio louco", mesmo a minha parte detestável, como diria Matthew Quick, em 'O Lado Bom da Vida', [...] "sempre haverá uma parte de mim que será detestável. Mas eu gosto disso".

Joanderson Oliveira

Comentários

  1. Que refleção magnifica, você escreve de um modo tão profundo.. amei
    Estou seguindo o blog, se poder retribuir iria me ajudar muito... abraços

    www.its-sucker.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Parabéns por sua reflexão. Infelizmente não temos como fugir de nenhum tipo de medo ou de dor, mas desde que possamos seguir pelo caminho certo, nossa consciência sempre estará tranquila.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  3. Texto reflexo e comovente, esse tipo de poesia me apetece também, ótimo! Obrigado pela visita! Desde já, seguindo.

    ResponderExcluir
  4. Por um mundo onde exista mais pessoas que saibam escrever tão lindamente bem como você.
    Ótimo texto, amei <3

    Beijos
    http://intoxicadosporlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Texto maravilhoso e super positivo
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oiee ^^
    Que as partes boas e felizes sempre ofusquem as tristes ♥ Que tudo o que perdemos volte para nós, em forma de algo melhor. Adorei o seu post ♥
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá, Joanderson!
    Obrigada e meus parabéns por escrever o mantra do bom-caráter e do caminho para a felicidade. Suas crônicas estão cada vez mais concisas e universais (ainda assim mesmo tempo muito íntimas, ponto profundo). Loved.

    Beijos!
    agathaodaisa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Uau! Joandersom, eu conheci seu blog a pouco tempo, mas posso dizer que suas palavras são cativantes. Vc escreve com a alma, com o coração, vc sussurra o que o coração quer gritar e no meio disso, tbm consegue nos deixar suspirando no meio de tanto barulho. Simplesmente lindo! impecável. Parabens viu <3
    http://b-uscandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Realmente, só consigo agradecer a ti por me permitir ler algo tão lindo, que mesmo em meio a uma sociedade na qual as pessoas só conseguem enxergar o outro pelo que elas podem lhe oferecer, existe alguém que consegue transmitir a nós( que é o meu caso) coisas em que eu acredito, que sinto, mas não consigo expressa-las tão divinamente como vc!
    Meu parabéns, a cada nova postagem fico mais feliz ao ver que vc está se construindo e acompanhando o crescimento do blog! Texto belíssimo!!

    PS: suas crônicas não podem ser lidas de qualquer maneira, ela precisa ser sentida!
    Como diria Antoine De Saint-Exupery em O pequeno príncipe " o essencial é invisível aos olhos"

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bom?
    Fiquei sem palavras depois de ler essa reflexão (e olha que é raro eu ficar sem palavra... rsrsr). Simplesmente perfeita.
    Cada vez que passo no seu blog tenho uma nova surpresa agradável.
    Não canso de dizer que você escreve muito bem!

    Beijos,
    Juh
    http://umminutoumlivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi, Jo!
    Como sempre, mais um texto bom e reflexivo. Acredito que seja essencial você buscar se conhecer cada vez mais e saber suas limitações.
    Adorei.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Gostei muito do texto, principalmente o início dele.
    Obrigada por comentar no meu blog!

    http://colorful-mushrooms.blogspot.com.br/

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  13. Maravilha! Ser tolerante com o próximo,respeitar diferenças,ser humilde e entender que ser imperfeito faz parte e, às vezes é bom, é como uma receita ara uma vida saudável. Torna você mais leve e livre de todo mal.

    Mais um texto lindo.
    Um abraço.
    Diego, Blog Vida & Letras
    http://blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Adorei o texto, Joanderson. O trecho "Que eu não esqueça de respeitar as diferenças, que eu não esqueça que eu sou diferente e que isso é perfeitamente normal." foi o que mais me tocou, pois estamos imenso em um mundo de tanta intolerância. Um pouco de respeito faria esse planetinha um lugar melhor.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de junho. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  15. Oi Joanderson!

    Que lindo texto refletivo, e muito pessoal, sempre digo que não importa o que escrevemos, sempre colocamos um pedaço de nós mesmos lá!

    Ótimo! Beijos
    Paula Juliana
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2015/06/clube-das-charmosas-feliz-dia-dos.html

    ResponderExcluir
  16. Olá, adorei o texto e a reflexão presente no mesmo.
    É como em uma frase que muitos costumam usar na internt, pessoas silenciosas possuem mentes inquietas "gritantes". Enfim.
    http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Não canso de ler teus textos e amar em cada palavra!
    Bjs da Le
    Le Versos & Controvérsias

    ResponderExcluir
  18. Olá, seu post foi divulgado no Turbonauta, fique a vontade para enviar links diariamente, até mais!

    ResponderExcluir
  19. Maravilhoso seu texto! Nos faz refletir! Você tem muito talento. Adoro o seu blog.
    Se puder, dá uma passadinha e segue lá:
    http://ooraculodeelfos.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado pela visita! Espero que tenha gostado da crônica! =)