Devaneios


Hoje sua lembrança veio me despertar.

Acordei com seu gosto na boca, com seu cheiro a me embriagar. É loucura eu sei, mas me explique como eu poderia não te amar?

Sim, eu te amo... eu sei disso e você também sabe. Às vezes sinto que até o universo sabe, mesmo que isso seja um segredo só meu (só nosso).

Gosto de sentir você cuidando de mim nos meus sonhos, e lá no fundo me vem um desejo louco de cuidar de você e te proteger de todas as dores... não deixar que nada impeça o seu sorriso... Ele é lindo sabia? Eu já te disse isso? Provavelmente sim... eu já te disse tantas coisas.

É que você me inspira, desperta em mim o melhor que eu quero ser. Ahhh meu amor, (às vezes é estranho falar "meu amor", sinto que me excedo muitas vezes quando falo, mas entenda... são coisas do meu coração, que fala apenas o que sente) você me envolve com seu jeito de ser, gosto da sua beleza sem retoques... e quando você me olha sinto que vou desmoronar.

Talvez amar seja isso... não saber bem como explicar o que sente, mas ter certeza que o que se sente é real.

São 02h00 da madrugada, e embora longe seu cheiro me leva até a sua casa. Te beijo em pensamento e te desperto dos meus sonhos.

Ahh meu amor, o que mais eu poderia dizer? (...) Eu amo, amar você... Por mais louco que possa parecer!

Joanderson Oliveira