Se eu te amar



Se eu te amar você vai ver no brilho dos meus olhos, no meu sorriso bobo de um rapaz apaixonado.

Se eu te amar vou ligar de madrugada, ou deixar uma mensagem apaixonada... ou escrever crônicas de amor para você.

Se eu te amar, continuarei sendo chato (rss), mas o seu chato apaixonado.

Se eu te amar eu não me darei pela metade, eu não gosto de pedaços me dou por completo e serei inteiramente seu.

Se eu te amar eu vou te magoar às vezes, vez em quando vou pisar na bola, é que eu não sou perfeito e se você me amar, ame também os meus defeitos.

Não se engane, eu não vou ser o seu Romeu, eu serei eu e se você quiser o meu coração vai ser seu.

Se eu te amar vou querer te ter por perto, não brinque comigo, levo amor muito a sério, e sim ele é um risco eu sei, mas eu nunca tive medo, sempre o abracei sem nenhum receio. Não me diga frases de efeito, não sou igual a ninguém, sou muito singular (complexo?), mas eu te convido, V-E-M-M-E-A-M-A-R!

Se eu te amar vou ficar te olhando com cara de apaixonado, até ver sua pele corar, ai vou te abraçar e sonhar acordado.

Se eu te amar eu vou sorrir do nada lembrando do seu beijo, do seu abraço, da conversa pelas madrugadas, dos momentos compartilhados.

Se eu te amar, pode ser um amor indefinido, isento de rótulos e padrões, ele será livre, coisa que se sente na pele, e arrepia a alma. Não, eu não estou falando de uma ficção, estou falando das palavras e sentimentos que transbordam o meu coração.

Desculpa, é que eu não sei amar com a razão. Comigo, vale a lei do coração...

Joanderson Oliveira