Por amor X Com amor


Luta por amor é bom,
mas alcançá-lo sem luta é melhor.
William Shakespeare

Para muita gente o significado do "por amor" e do "com amor" são exatamente iguais, o que muda é apenas a forma como cada uma foi escrita. Para mim são expressões muito singulares, semelhantes em alguns aspectos, mas com fins que divergem muito.

Eu particularmente não luto por amor, eu luto com amor e acredite as duas coisas são diferentes.

Quando se luta por amor, toda e qualquer ação/atitude é justificada com a afirmação de que "eu fiz por amor", como se o amor justificasse todas as coisas e isso não é verdade.

O amor não justifica eu usurpar ou desrespeitar o direito (o espaço) do outro de não corresponder aos meus sentimentos, de não sentir por mim o amor que tenho por ele.

O amor não justifica eu arquitetar situações, tramar planos para separar duas pessoas que estão juntas, porque eu amo uma das partes e ela tem que ficar comigo, pelo fato de eu ter sentimentos por ela e isso é motivo mais que suficiente para que eu aja dessa maneira.

Quem luta por amor luta sozinho, luta por algo que não é recíproco, age sem limites, sem respeito pelo outro e principalmente por si mesmo, luta por um amor que tem que ser seu custe o que custar, luta por um amor mendigado, implorado e porque não dizer forçado.

Quando se ama de verdade se luta com amor, e esse amor não é mesquinho, egoísta, autoritário ou forçado. Quando se luta com amor o princípio é a reciprocidade, a sinceridade. Você é sincero, abre o seu coração e espera ser correspondido... se for maravilha, aproveita, beija, abraça, cuida e ama, se não for ergue a cabeça e segue em frente, seu amor está mais a diante.

Quando se luta com amor o que mais se quer e se deseja é que a pessoa amada seja feliz, e entenda talvez o coração dessa pessoa não vibre pelo seu, talvez o amor dessa pessoa esteja em outro lugar por outra pessoa, e não é culpa dela, o amor é misterioso, não há muita explicação para ele, não dá para forçar uma pessoa a amar você entende? O fato dela não te corresponder não faz dela uma pessoa ruim, só mostra que vocês estão em sintonias diferentes.

Quem luta com amor luta com parceria, são duas pessoas cheias de defeitos lutando para fazer dar certo, para ficarem juntas e esse tipo de ação o amor justifica.

Quem luta por amor, ama sozinho... e acredite (eu, você) merecemos mais que isso.

Amar não significa ganhar sempre, amar também é perca, renuncia... é muitas vezes abrir mão daquilo que não flui naturalmente, e se permitir experimentar sensações mais leves, amores mais livres, que caminham ao seu lado pelo simples fato de quererem, ambos juntos, no mesmo propósito.

Certa vez eu li algo que me fez refletir muito sobre isso, sobre o que significa o verdadeiro amor.

"...Finalmente compreendi o que o verdadeiro amor realmente significa.
[...] Pensar mais na felicidade da outra pessoa do que na própria."
-Querido John, Nicholas Sparks

Talvez você leia e ache um absurdo tal afirmação, como assim pensar na felicidade de uma pessoa e abrir mão da minha felicidade (?!), quem dera todos pensássemos assim, acredito que viveríamos tão mais felizes. Não se engane, não leia a frase às pressas, a leia com sensibilidade de entender que o que se está afirmando não é a sua anulação, ou que você deve ser infeliz por causa do outro, não é nada disso. Apenas que quando se ama, se quer o bem do outro.

Você não precisa ser infeliz, ou viver sozinho para sempre... a ideia é que você se permita amar e ser amado na mesma medida, que não se contente com sentimentos pedidos, demonstrações de afetos cobradas. Se o outro não é feliz com você por não sentir o mesmo que você o deixe viver, e acima de tudo viva também, encontre alguém que lhe ame e lhe queira bem. Comece se amando, e sendo exigente no amor, não aceite menos que a reciprocidade.

Amor não se força, não se obriga, apenas se sente! E o meu conselho é: "Não lute por amor, lute C-O-M-A-M-O-R! (Com muito amor!)

Joanderson Oliveira