Feito para o amor, feito para amar!


Hoje escrevo para os apaixonados, para aqueles que assim como eu são eternos apaixonados pelo amor, que apesar de tudo ainda espalham que o amor não é privilégio apenas das cenas de um filme, ou o detalhe que compõe as páginas de um livro romântico.

Hoje escrevo para aqueles que desacreditaram do amor, que dizem que ele é banal, que já não conseguem enxergar a beleza e toda a magia que envolvem esse tão nobre sentimento.

Hoje eu escrevo para você, para mim, para ele, para ela, para nós!

Meu pedido é: não deixa de acreditar no amor não, há tantas pessoas que se perdem no caminho, que desacreditam do amor, por vários motivos eu sei, não os condeno, é que de vez em quando amar dói, e não é tão fácil lidar com as peculiaridades do amor.

A gente às vezes esquece que o amor se constrói a dois. Teimosos insistimos em amar sozinhos e acreditamos que esse amor vai bastar para os dois, mas ele não basta, quem ama sozinho termina sufocado com os próprios sentimentos.

Amar é um verbo que passa a existir quando ele e ela, ou, eu e tu, ou, ele e ele, ou, ela e ela se juntam em um nós que passa a ser conjugado no presente, que geram sementes, que serão colhidas no futuro.

O amor é como uma música, as notas, a melodia, a letra, devem está em perfeita harmonia, do contrário ferem os ouvidos, machucam a alma e entristecem ao coração. Mas o amor é a única música que quando tocada harmonicamente nos tira do chão, nos leva as nuvens, nos mostra que tudo passa a ter mais sentido quando estamos com o peito cheio de coisas boas, o amor nos alegra alma, e aquece o nosso coração.

Mas o amor também tem altos e baixos, a vida a dois nem sempre é pura calmaria, as vezes o vento sopra, balança de um lado pro outro, porque assim como o amor, a vida a dois também é como uma música, o refrão é sempre muito empolgante, o restante da letra, às vezes é, às vezes não.

Nesses casos ouça o refrão infinitas vezes, e quando pensar em desistir de amar lembre-se de tudo de bom que o amor nos proporciona, uma vida sem amor é amarga demais, não vale a pena viver sem amar, e não pense que estou falando apenas do amor entre duas pessoas no sentido "casal", mas o amor em todas as suas formas, o amor de amigo, de irmão, de pai, mãe, o amor pela vida, o amor que vem de Deus, o amor que é amor e isso já explica tudo, que está em todos os espaços e que quando permitimos preenche a nossa vida, o amor próprio que em momento algum pode ser deixado de lado. Ou seja, o amor... que simplesmente é e existe sendo amor.

Talvez você esteja se perguntando: "-Ele não sabe falar de outra coisa, só sobre amor?"

E eu respondo a sua pergunta usando um trechinho da música da Ana Carolina - Rosas: "[...] é que eu sou feito pro amor, da cabeça aos pés".

Sorria para o amor, ele vai sorrir para você.

Joanderson Oliveira

Comentários

  1. Que texto lindo Joanderçon, Acho o Amor muito relativo sabe, mais acho que não pode deixar de ter dentro das pessoas em muitas ocasiões, gostei muito d titulos também me chamo muito atenção hehe, continue com esses textos, assim vai expirar muita gente :D
    Abraços!!!

    http://www.pedrosanttos.com

    ResponderExcluir
  2. Nossa que belíssima crônica Joanderson!! O amor é um sentimento tão lindo, tão puro, tão suave capaz de proporcionar momentos inesquecíveis e únicos para a nossa vida, ele tem o poder de dar um colorido aonde até então só tinha visto preto e branco!! Tem o poder de transformar as pessoas, de fazer com que queiram ser melhores. É bem verdade que acabamos em alguns momentos sofrendo, mas a vida é feita por momentos! Cabe a nós escolhermos se iremos preenche-lá com doses maiores de bons ou maus momentos!!



    ResponderExcluir
  3. Ahh texto perfeito Joanderson!
    Muito romantico. Não vou dizer que me identifiquei tanto, porque ando tão chateado com o tema "amor" que meio que não consigo mais me vê me adequando mais com ele. Acho que aprendi da pior maneira que nem sempre o amor é esse sentimento tão puro e bonito.

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  4. Oiii Joanderson =D
    Lindo texto. E pode sempre falar sobre amor viu? Eu mesma, acho que me saio melhor falando sobre ele =D
    O amor é difícil em muitos momentos. mas depois que você experimenta, você descobre que é preferível amar e sofrer, do que nunca ter amado :)
    Um beijão
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Joanderson! Ótimo texto como sempre. Há vezes em que eu realmente penso em desistir de acreditar no amor, dado as minhas desilusões amorosas, mas esse é um sentimento tão lindo... Fica difícil desistir dele, né?

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Você escreveu para miiiiiiiiiim, hahaha.
    Eu sou uma apaixonada pelo amor, pela vida, pelas pessoas, por tudo.
    :D
    Adorei.
    Você arrasa, Joanderson!

    Beijooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  7. Eu sou uma eterna apaixonada pelo amor, acho que deve ser por isso que sou apaixonada pelos seus textos, que sempre toca no meu coração e me traz uma calmaria, uma paz...
    Parabéns pelas palavras cheias de sentimentos.

    Beijos querido, já estava com saudades daqui rsrs
    http://cabinedeleitura1.blogspot.com.br/2015/03/tag-bate-papo-literario.html

    ResponderExcluir
  8. Meu Deus guri, da onde tu tira tanta palavra bonita e tocante?!
    Não tem como não amar!
    Bjs da Le
    Le Versos & Controvérsias

    ResponderExcluir
  9. MEU DEUS, que texto muito maravilhoso.
    Me identifiquei super com seu texto.
    http://pensamentosdefabs.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Uau, belíssimo texto *-*. http://vihpaula.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Caraca! Que belo texto!

    O que seríamos nós sem o amor? O amor é o sentimento mais lindo, passado em forma de gestou ou atitudes escondidas. Mas o pior de tudo é saber que a cada dia a humanidade fica mais na seca... a seca do amor.

    Abs!

    http://leiturasilenciosaoficial.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Linda crônica meu amigo, como sempre você só escreve coisas lindas...
    Desculpa a demora em aparecer aqui no seu Blog, eu estava viajando. :)

    ResponderExcluir
  13. Excelente texto.
    Falar de amor é falar do universo.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de março. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  14. Oi, Joanderson!
    É realmente complicado amar. Tipo, demais! KKKKK...
    Eu adorei seu texto. Super sincero e bonito. Não li nada considerado irreal, mesmo que pareça em alguns momentos.
    O amor existe mesmo. E amar é algo necessário.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado pela visita! Espero que tenha gostado da crônica! =)