Um amor não planejado



Talvez eu ande lendo romances demais, e você pode me chamar de louco se quiser, mas espero encontrar alguém (um amor rss) assim por acaso.

Nunca fui de procurar amores, os que tive sempre chegaram de mansinho, sem eu nem perceber direito, e quando eu percebia já estava mais que envolvido, sempre de forma inesperada e arrebatadora.

Já fingi amarrar o cadarço do tênis no meio da rua com a pretensão de ao levantar dar de cara com quem mudaria minha vida para sempre. Nem preciso falar que não deu certo não é? (rss) Mas de vez em quando, eu ainda tento, afinal não custa nada tentar, vai que da certo. (Eu sei, sou muito bobo às vezes, mas me deixe sonhar rss)

Outra possibilidade seria esbarrar em alguém e ter aquele encontro perfeito no silêncio dos olhares.

Deixando minhas ideias (sonhos?) de lado, a grande questão e o que eu quero dizer com tudo isso é que não sei "atirar para todos os lados", tipo amor ao alvo, o primeiro a ser flechado ta valendo. Algo do tipo "caiu na rede é peixe". Conheço gente que consegue fazer isso e o que eu acho mais engraçado é como qualquer pessoa serve! Chamo isso de medo da solidão. Qualquer dia eu pergunto a uma dessas pessoas só para ter certeza.

M-A-S, comigo as coisas não funcionam assim...

Não me leve a mal, mas é que sou do tipo de cara que não quer qualquer tipo de amor. Quero um que chegue por acaso e não um amor qualquer. Talvez você não acredite, mas sabe eu sou do tipo de cara que liga no dia seguinte, que olha nos olhos, e que quando está apaixonado se joga sem pensar duas vezes. Não importa o tamanho da queda ou dos arranhões, foda-se, eu prefiro tentar, arriscar, quebrar a cara se for o caso, mas não me dou pela metade. Vou completo... e é isso que espero receber! R-E-C-I-P-R-O-C-I-D-A-D-E... esse é o segredo para muita coisa na vida.

Eu não espero grandes acontecimentos ou coisas surreais, eu só não gosto da ideia do planejado sabe?! (Sempre digo que essas coisas "arrumadas" não dão muito certo, e sim eu sei que existem exceções, mas em todo caso...)

Sabe aquele amigo que  conhece alguém e vai te apresentar por que segundo ele vocês super combinam? Corre, corre enquanto é tempo. Primeiro porque pessoas não são roupas para se combinarem. Segundo, seu amigo não conhece suas emoções e sentimentos, isso fica a cargo do seu coração, (que em muitos casos pode ser igual o meu, que é bem safado e gosta de se machucar que é uma beleza, vive me passando a perna. Ou será que sou eu que passo a perna nele? Nem sei mais para dizer a verdade rss)

Não quero nada disso... quero que seja por acaso. Pode ate ser essa pessoa que seu amigo conhece, mas não vai conhece-la fazendo planos pro futuro, vai conhece-la como uma pessoa desconhecida e pronto, se rolar algo a mais ótimo! Maravilha... abrace, beije, fique a vontade. Mais deixe acontecer, deixe fluir. Porque o amor, muitas vezes é como o ar que respiramos, precisa ser expirado e inspirado muitas vezes, mas sem pressão, naturalmente, porque para mim é assim que tem que ser.

Joanderson Oliveira