Sobre ser adulto


Quando somos crianças, é engraçado (e bonito) como perdoamos com muita facilidade, brigamos com um amigo, com um coleguinha (com alguém) e minutos depois já estamos brincando juntos de novo como se nada tivesse acontecido.

Sinto saudades desse tempo, mas o tempo passa e traz consigo muitas mudanças, nos perdemos e nos encontramos, é sempre assim.

Hoje olho no espelho e claro percebo que não tenho mais essa pureza de ser criança. Tenho magoas que ainda doem, cicatrizes que ainda insistem em sangrar. Queria ter essa facilidade e essa inocência de esquecer, deixar para lá, sorrir para vida e não deixar me machucar por coisas que acontecem ao meu redor. Uma vez assisti um filme, não me lembro qual o título dele, mas um dos personagens da história disse uma frase que eu lembro até hoje, "não podemos controlar como as coisas chegam até nós, mas podemos controlar como reagimos a elas", assim que ouvi a frase tive um momento de epifania e pensei caramba, é isso sabe, tudo (ou quase tudo) depende da proporção, da importância que damos.

Crescer para mim sempre foi um processo doloroso, sempre achei que não seria um bom adulto. Eu não sei ser adulto, nem me vejo como um... não que eu seja um irresponsável, não falo nesse sentido... talvez eu não saiba muito bem como explicar, o que eu sei é que não me vejo como adulto (entende?).

São tantas cobranças, tantas exigências... "Tem que ser assim, ser isso, fazer tal coisa, tem que andar assim, vestir de tal forma", enfim, 'n' coisas que temos que ser, fazer e ter.

E eu olho para tudo isso e a única coisa que quero é apenas ser eu, do meu jeitinho... que pode ser torto, meio louco, às vezes (muito) bobo, mas é meu, sou eu!

Meu Deus, o que é ser adulto afinal?

Eu não sei ser adulto, eu só sei ser eu e acredite isso já dá um trabalho enorme. Vez ou outra me perco, me acho, me encontro e me desencontro.

Talvez um dia eu aprenda a ser adulto... até lá eu já fico feliz em poder ser eu!

Joanderson Oliveira

Comentários

  1. O que dizer sem soar repetitivo?! todos os dias venho aqui e me encanto a cada novo texto, e
    já não encontro maneiras de expressar como sua escrita é maravilhosa, quando lançar um livro
    quero ser a primeira a ter o meu, só para guardar e ler sempre que precisar refletir.

    Abraços Joanderson e uma ótima semana.
    http://cabinedeleitura1.blogspot.com.br/2015/01/resenha-fake.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, obg pelo carinho! Fico realmente feliz por saber que gostas da minha escrita! É sempre boom receber comentários assim cheios de afeto! Obg por encontrar sempre um tempinho para ler minhas crônicas!

      bjs

      Excluir
  2. Eu confesso que a idade adulta só me fez bem, eu não tive uma infância e adolescência que me deixou saudade, hoje em dia tenho mais controle das coisas e aprendi muito mais sobre a vida, mas adorei seu texto, ainda mais a frase que te causou uma epifania, me fez refletir bastante aqui!

    Tem novidades lá no Estandy Books - A Estante da Andy

    ResponderExcluir
  3. Joanderson, apaixonei pelo seu texto e super me identifiquei. Também não me considero adulta e como vc, nem é questão de ser irresponsável. Na verdade, eu também nunca quis ser adulta. Pq é complicado demais. Bom é tentar levar a vida com leveza. Um grande abraço :)
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gih... ahh q maravilha que você gostou do texto! Vamos sim levar a vida com mais leveza!

      ;)

      bjs

      Excluir
  4. Eu não sei mais o que dizer sobre seus textos, porque eu sempre digo que são incríveis. Então, o que eu posso dizer de novo? Que eles são espetaculares?

    Eu ainda não sou adulto, mas estou no caminho, e já quero minha infância de volta, imagina quando eu chegar lá, haha.

    Abraços!
    www.acampamentodaleitura.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gleydson! Obg pelo comentário tão cheio de afeto! Que bom saber que gotas da minha escrita!

      Abraços!

      =)

      Excluir
  5. Ain realmente complicado a pessoa ser adulto... Eu tenho 19 anos e já vejo muitas coisas diferentes de dias atrás.
    Sou igual a você, não sei ser adulto, só sei ser eu... um pouco doidinho, risonho, brincalhão, as vezes muito sério (rsrs), tímido pra agumas situações. Esse sou eu, só sei ser assim, sinto falta do tempo de criança mas ao mesmo tempo me sinto atraido e mais ansioso para chegar na minha maturidade.

    Como sempre venho ler as suas crônicas meu amigo e vejo nelas, não apenas palavras mas sim trecho da minha vida, frases falando sobre "mim". Eu me encantei por suas crônicas desde a primeira vez que li e até hoje não paro de ler, sempre que vejo que você colocou lá no facebook que tem crônica nova, eu de imediato corro pra cá e vem me alimentar com suas palavras :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônino rss, vou te chamar assim já que você não se apresenta! Você sempre com comentários repletos de afeto... fico muito grato por você sempre ler minhas crônicas, e que bom que elas de alguma forma tocam você. Venha por aqui sempre que quiser!

      ;)

      Abraços...

      Excluir
  6. Como eu escrevi em uma de minhas poesias
    "Ninguém deixa de ser criança por dentro
    O tempo muda, a gente não consegue mudar
    Ainda somos os mesmos,
    Apenas com mais histórias pra contar"
    Bjs da Le
    Le Versos & Controvérsias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Letícia, é bem assim mesmo! Eu não poderia concordar mais!

      bjs

      Excluir
  7. Quem disse que ser adulto é ser ranzinza? Um ditado tibetano diz que se um problema é grande demais, não pense nele e se ele é pequeno demais, pra quê pensar nele. Dá pra ser um homem de negócios e tomar iogurte com o dedo ou uma advogada de sucesso que adora rir de si mesma por ser estabanada...(Arnaldo Jabor)
    É belo ver a pureza da inocência de uma criança, infelizmente muitas pessoas perdem essa pureza, ficando submetidos as regras que as cerceam, presas aos detalhes.
    Mas é possível ser adulto sem perder a essência de ser criança!!
    Excelente texto, parabéns!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Responder as comentários é sempre muito difícil, quase sempre fico sem saber como responder rss! Mais espero que dizer obrigado seja uma boa maneira de começar! :)

      Fico muito feliz com comentários assim tão cheios de afeto! :)

      ^^

      bjs

      Excluir
  8. Eu sinto falta também da pureza de ser criança e de como as coisas são simples e como resolvía-mos as coisas com mais simplicidade.

    http://www.borboletra.com/

    ResponderExcluir
  9. Eu nunca quis crescer acredita? e ainda tenho alma de criança. Ser adulto é uma droga!

    http://gabsgiorgette.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rsrs, eu também não queria Gabriella! Mas existe muita beleza em ser adulto... acho que o bom é dosarmos a vida e equilibrar as coisas! bjs

      Excluir
  10. Oi, Joanderson! Que belo texto, adorei suas palavras! Me identifiquei com elas e com seus dilemas! Também sinto muitas saudades desse tempo que você relatou no texto! :/

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tony! Que bom que gostou....
      Tbm sinto saudades desse tempo!

      Bjs

      Excluir
  11. Sempre que venho aqui digo a mesma coisa, digo que amei seu texto e que me identifique, mas não tem muito o que dizer, pois todos eles são ótimos, ou seja, parabéns. http://cantinhodacarolll.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Que texto lindo! Assim que terminei de ler acabei refletindo bastante sobre ele e a minha vida, e essa nova fase que está para chegar, ser adulta.

    Beijos!
    livrosdawis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Acho que ser adulto é a coisa mais complicada que existe. Estou tentando buscar a felicidade nas coisas simples e lutar por aquilo que eu quero.
    Belo texto.
    Abraços Mika,
    Pensamentos Viajantes

    ResponderExcluir
  14. Suuper bacana, me identifiquei muito com seu texto. Engraçado que quando somos crianças o que mais queremos é crescer e virar adulto, e depois que chegamos nessa fase de adulto tudo o que mais queremos é virar criança novamente e aproveitar o máximo

    http://thayanepontes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Que texto lindo Joanderson. Realmente digno de aplausos.

    http://www.pampilho-ordinario.com/

    ResponderExcluir
  16. Oh Que texto cara ta muito incrível espero que sempre continue inspirado para criar estes textos tão inspiradores...
    Abraços e uma ótima semana

    http://www.umcontoliterario.com/

    ResponderExcluir
  17. Olá, te indiquei em uma tag. Confira:
    http://aculpaedoslivros-42.blogspot.com.br/2015/01/liebster-award-2015.html

    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Eu também não sei ser adulta, não, mas não estou preocupada.
    Eu posso ser adulta na idade, mas jovem e criança na mentalidade, na medida do razoável, né? Hehe.
    Todos nós temos marcas e deixamos de ser inocentes, mas isso pode ser bom em alguns casos. Nos ajuda a fugir de alguns rolos e situações ruins.

    Beijooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  19. Ei Joanderson!
    Ser adulto não é o que imaginava, sinceramente. Quando era menor ficava pensando que bom seria não ter que seguir regras, ir para onde eu quiser, e fazer o que quiser. Hoje vejo que foi só uma triste ilusão. Gosto das fases da minha vida, mas estaria mentindo se não confessasse que sinto falta da infancia, do tempo em que minha unica preocupação era qual brinquedo brincar amanhã.

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  20. Crescer pra mim também é/foi doloroso, nunca quis que isso acontecesse.
    Descreveu o que sinto aqui: "Crescer para mim sempre foi um processo doloroso, sempre achei que não seria um bom adulto. Eu não sei ser adulto, nem me vejo como um... não que eu seja um irresponsável, não falo nesse sentido... talvez eu não saiba muito bem como explicar, o que eu sei é que não me vejo como adulto (entende?)."
    Dizem que com 18 anos nos tornamos adulto, mas definitivamente não me sinto uma.♥

    PiinkCookie.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Very nice! ♥♥♥


    http://ovationspas.com

    ResponderExcluir
  22. awesome:0

    http://www.ovationspas.com/pedicure-chairs.html

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado pela visita! Espero que tenha gostado da crônica! =)