Sobre o amor... (e como o vejo)

'Porque algumas coisas tem que acontecer naturalmente, sem pressão, mas pelo simples fato de ser! Por isso pra mim o amor não da pra ser definido, as palavras sempre irão faltar para expressar toda a força que o amor trás em si... Só entende o verdadeiro sentido do amor, aquele que ama. Infelizmente hoje em dia tudo é amor, pelo menos é o que dizem... como se o amor fosse tão simples assim! Não da pra explicar o amor, mas sem dúvida nada é tão forte, tão intenso...
Amar está além de simples e meras palavras... amor mesmo é provado em atitudes... Dizer que ama, ficou fácil. Virou modinha! Todo mundo diz que ama, mais há uma diferença entre dizer e de fato amar. Amar muitas vezes é ter que abrir mão da pessoa amada, porque nem sempre o amor é correspondido, e se você de fato ama essa pessoa vai querer vê-la feliz, mesmo que seja sem você, ai está uma das diferenças de quem ama de verdade. Porque amar as vezes significa perder. Porque a felicidade da pessoa amada é importante, e não basta dizer isso, mais tem que se provar no dia a dia... Pra mim o amor não é aquele que sufoca, que faz armações pra ter a pessoa amada, para mim o amor é desinteressado, simples em toda a sua plenitude e ainda mais bonito quando é correspondido! Acredito muito nisso, e acredito também que o amor chega de mansinho, quando menos se espera, em uma das curvas da vida, então esteja atento, não se prenda a sentimentos que não fluem naturalmente, mais permita-se amar livremente!

Joanderson Oliveira