Eu te amo! Espera um pouco... AMA MESMO?


Hoje conversando com uma amiga muito especial, falávamos sobre o amor sabe?! E de como ele está sendo banalizado. E eu particularmente acho isso preocupante, amar é coisa séria, não é nem um tipo de brincadeira. 

Eu nunca acreditei nem acredito em amor a primeira vista. Acredito em interesse... em você achar a pessoa bacana, de repente ter afinidades... e ai você se permitir conhecer essa pessoa.

Se depois que você de fato conhecer a pessoa. O lado negro sabe?! Aquela parte não muito agradável e mesmo assim você decidir que quer ficar com ela... ai sim você esta começando a amar essa pessoa.

Para mim como já falei algumas vezes o amor tem que ser desinteressado...

Você ama a pessoa exatamente pelo que ela é... incluindo o lado sujo... as imperfeições que todos (sem exceção) possuímos.

Por isso quem muitas vezes usa de um "amor" enorme quando conhece uma pessoa no início de uma paquera e quer conquista-la depois muda totalmente e esse amor todo se reduz a nada... ela nem conhecia a outra pessoa e já foi dizer que amava dentre tantos outras declarações que no mínimo são precipitadas.

Ama nada!

A gente só ama quem a gente de fato conhece. O resto é apenas interesse. Acho que as pessoas se precipitam muito. Eu te amo é uma frase muito forte para ser dita de qualquer maneira a qualquer hora e por que não dizer para qualquer pessoa.

O amor vem no dia a dia... e não em um passe de mágica.

O que eu percebo é que o amor ta sendo banalizado. Talvez por isso existam tantas pessoas que não acreditam nele e dizem não existir. Por causa de alguns que tratam e usam dele como se fosse qualquer coisa. Para mim quem pensa assim nem sabe do que ta falando. E infelizmente nunca amou. Amar com A maiúsculo.

Amar não é satisfação pessoal, mas ficar feliz com a felicidade do outro. Amar não é usar o outro para beneficio próprio. É companheirismo, fidelidade, respeito, compreensão... nossa melhor parar, pois não há definição para o amor, ele não existe para ser definido mas para ser sentido e vivido!

E mesmo com toda essa banalização e descaso de alguns em relação a um sentimento tão nobre, gostaria de dizer que eu acredito sim no AMOR. Isso pode soar bobo e meio que papo furado, mas acredite, não é!


Joanderson Oliveira