Eu e minhas esquisitices



Não sei fingir sentimentos!

Definitivamente não sei...

Por causa desse meu jeito de ser, sou chamado por alguns de O-METIDO-A-BESTA.

O fato é que se eu não gosto de você, não se preocupe, não vou fazer teatro para bancar o bom moço.

O que não aceito (e não aceito mesmo) é falta de respeito. Se não temos afinidades e não concordamos sobre como levamos a vida, ótimo... você fica no seu canto eu no meu (sabe aquilo de "cada um no seu quadrado" então...) e THE END... cada um fica feliz sem incomodar o outro!

Por outro lado...

Se eu gosto de você... A minha entrega será total... eu cuido, me importo, me preocupo, faço o que posso (e algumas vezes o que não posso).

Sou fiel aos meus sentimentos, sou mesmo, sou leal a eles. Acho isso importante sabe! Quando fingimos ser o que não somos, sentir o que não sentimos estamos muito mais que enganando os outros, estamos enganando a nós mesmos. Você que faz isso, me desculpe mais você está se auto sabotando (pronto falei!)

Gosto de quem tem personalidade, opinião, que defende o que acredita, mas que por outro lado sabe ouvir o outro, repensar opiniões. Acho um "saco" o tal do "Maria vai com as outras", você termina sem saber de fato quem é aquela pessoa, afinal ela é apenas mais uma cópia dos demais.

Por isso prefiro ser assim, E-S-Q-U-I-S-I-T-O!

Mas garanto que serei sempre eu. 

Enfim, não seja o que os outros querem que você seja, lute pelo que você pensa, acredita e coisa e tal, só respeite os demais, é como dizem "seu direito acaba onde começa o do outro", se nos respeitássemos viveríamos muito mais felizes.

Não importa quão estranho, diferente, maluco ou sei lá mais você possa parecer, S-E-J-A-V-O-C-Ê, essa coisa de viver querendo agradar os outros não dá muito certo, eu já tentei sabe?! Não deu certo, não era eu... entende o que eu digo?! 

Seja você mesmo!

Joanderson Oliveira